Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Estudantes de Administração colecionam sucessos
Início do conteúdo da página Notícias

Estudantes de Administração colecionam sucessos

Com premiação em evento internacional, primeira turma do curso superior formou grupo durante a pandemia, e conta com diversas outras aprovações
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 04/12/2020 09h49
  • última modificação 04/12/2020 09h59

Reunião na plataforma Meet

(Imagens: Daniel Barroso)

Um grupo de desafios de redes sociais que se acessa para adquirir novos hábitos. Foi assim que teve início a experiência exitosa envolvendo a turma do primeiro ano do curso de Bacharelado em Administração do campus do IFMA em Coelho Neto. Diante da pandemia e das medidas de isolamento social, vinte estudantes da graduação, que tinham assistido apenas ao primeiro mês de aulas, aceitaram participar do grupo proposto pelo professor Daniel Barroso de Carvalho Ribeiro. Diferente de outros grupos desse tipo, em que as pessoas buscam adotar novos hábitos variados, como perder peso ou diminuir o consumo de açúcar, a proposta do professor de Administração era que os estudantes escrevessem artigos no prazo de um mês, para submissão em um congresso internacional.

Imagem do grupo no Whatsapp

Daniel Barroso relata que, no momento de formação do grupo, ele ainda não tinha revelado a missão para os alunos, que nunca tinham escrito um artigo, muito menos pensado em publicar ou apresentar trabalhos em um congresso. Ao ser anunciado o real objetivo, os integrantes se reduziram a onze estudantes, que persistiram no desafio durante 52 dias, contando com a prorrogação do prazo para a submissão dos trabalhos. Os encontros das equipes aconteciam durante toda a semana, inclusive nos finais de semana e feriados, através das plataformas virtuais Google Meet e Zoom. Nesse período foram orientados quatro artigos, resultando em um projeto de pesquisa e inovação aprovado, e no desenvolvimento de dois games online, dos quais um foi enviado para o grande objetivo: o Congresso Internacional de Educação e Tecnologias.

Mesmo após encerrar o grupo de desafio, o docente renovou o compromisso em continuar as orientações, em razão da empolgação dos estudantes com as temáticas de Empreendedorismo, Gestão de Pessoas, Finanças e Negociação. Assim, as equipes se transformaram em um time de publicação, que planejou a inscrição de trabalhos em grandes conferências nacionais e internacionais com prazos abertos para o envio de trabalhos.

Organização de atividades das equipes na plataforma Trello

Antes do retorno às aulas do Campus Coelho Neto, os trabalhos se intensificaram, moldando-se às normas dos editais dos eventos que escolheram. Uma experiência em que todos os participantes experimentaram a tensão das transferências dos arquivos e a espera pelos resultados. Somaram-se nove aprovações de artigos completos no CIET ENPED (UFSCar), Congresso Internacional de Administração (UEPG), Congresso Nacional de Educação (UNIT-UEPB) e o Simpósio Internacional de Tecnologias Digitais na Educação (UFMA). (Veja a relação de trabalhos e autores no fim da matéria)

Após vibrarem com as aprovações, chegou o momento de apresentarem as pesquisas. Segundo o orientador da turma, esse novo desafio foi compartilhado e comemorado pelos autores diversas vezes, especialmente ao receberem elogios e o reconhecimento por representarem não apenas o IFMA, mas também a cidade de Coelho Neto e o Maranhão. A participação nos eventos deu ao grupo os pontos exatos para aprimorarem as próximas publicações em revistas e capítulos de livros.

Para recompensar a dedicação do time, o trabalho intitulado “Gamificação e Storytelling como estratégias de ensino e aprendizagem em Gestão de Pessoas” recebeu a menção honrosa em 1º lugar na categoria artigo completo no II Simpósio Internacional e V Nacional de Tecnologias Digitais na Educação e também o 1º lugar na categoria de Ensino e Pesquisa em Administração do Congresso Internacional de Administração. Daniel Barroso ressalta que as experiências de sucesso dos alunos ocorreram no contexto de início da pandemia, com a suspensão das aulas, além do risco da perda de empregos e a dificuldade ainda maior para encontrar vagas de trabalho. No entanto, ele considera que as “oportunidades disfarçadas” também surgem na crise, nas diversas tentativas e, principalmente, nos livros e no trabalho. Para o professor, ao invés de recuperar o ano perdido, o grupo ganhou a melhor partida para o bacharelado, no que os demais integrantes estão de acordo.

Premiação do artigo do grupo de desafios

Estudantes

“Posso dizer com todas as palavras que isso me transformou. Foi a melhor experiência que tive”, disse Ana Karoline de Oliveira Gonçalves, lembrando que, ao receber o convite para participar do desafio, não imaginava do que se tratava. Ela afirma que hoje se sente segura do que quer e descobriu que está no lugar e no caminho certo. Ana Karoline reflete que todas as conquistas que realizou com os colegas mostraram o quanto são capazes, e que as aprovações a fizeram perceber que podem fazer a diferença apresentando novas ideias e novas soluções para a sociedade. “Descobrir e desenvolver novas capacidades é o que espero, e com certeza alcançar novas conquistas. Sei que vou conseguir, pois estou rodeada de professores e diretores que trabalham bastante para incentivar todos os discentes e que se dedicam para nos transformar nos melhores profissionais”, concluiu a estudante.

Maria Irisnete Barbosa Lima revela que, para realizar as pesquisas e construir os artigos, ela teve que abrir mão dos fins de semana com a família, e passou diversas noites em claro, além do estresse. “Mas hoje, eu afirmo com toda a certeza que valeu muito a pena o conhecimento adquirido, as novas amizades e a experiência de conhecer novos assuntos. Está sendo maravilhoso orgulhar a minha família com as aprovações em congressos e as apresentações dos trabalhos”, disse ela, manifestando a gratidão pela iniciativa do grupo, oportunidade que a permitiu um grande aprendizado.

“Graças ao professor Daniel e aos meus amigos do projeto, quero continuar nessa empreitada tão grandiosa e enriquecedora da pesquisa”, considera Marcos Silva Costa. Para ele, foi uma grata surpresa começar a desenvolver pesquisa acadêmica de qualidade desde o primeiro semestre do curso de bacharelado, além de ser gratificante fazer novas amizades e adquirir novos conhecimentos.

Sobre o grupo, Maysa da Silva Rodrigues diz que foi uma experiência incrível. “Nunca me imaginei pesquisando sobre gamificação em empreendedorismo e posso falar com toda a certeza que é uma área muito interessante. Estou extremamente feliz por participar desse grupo com pessoas incríveis e, também, por ajudar no reconhecimento do nosso curso. Gostaria de agradecer ao professor pelos ensinamentos”, disse ela.

“Só tenho que agradecer pela oportunidade que o professor Daniel nos deu de aprender tanto nesse período tão turbulento. Serei grata o resto da minha vida pelas orientações que melhoraram muito a minha escrita de trabalhos científicos. Aprendi muito com o grupo de desafio e as apresentações de trabalhos”, afirmou Ana Vitória Monteiro Costa.

Luís Carlos Rodrigues de Araújo relatou que já estava feliz com a oportunidade de retornar a estudar, ainda mais com o início do curso superior. Ele contou que já via alguns colegas na sala procurando professores para fazer projetos de pesquisa. “Acontece que veio a pandemia e eu fui desafiado. Só não imaginava o quão grande seria o ganho de conhecimento. Quero externar a minha satisfação em fazer parte desse momento e poder participar com todos vocês”, disse o estudante, que não dá conta de quantas noites e fins de semana dedicou à pesquisa até a apresentação do trabalho, quando teve certeza de que foi tudo muito especial.

Para o professor Daniel Barroso, orientador dos artigos e coordenador de outros três projetos aprovados e financiados nesse ano, qualquer desafio é vencido com muito estudo e trabalho. “Esses são os melhores investimentos existentes em meio a uma crise”, disse ele, afirmando ter sido assim que conquistou seus maiores prêmios: conhecer e reconhecer seus alunos e suas alunas e poder mostrar o quanto são capazes. “Agradeço muito a Deus pela minha profissão e pela minha família. Tudo só foi possível pelo apoio e por ter a dedicação de pessoas tão incríveis!”, concluiu.

Fim do conteúdo da página